Conheça Jacinda Ardern e como venceu o Covid na Nova Zelândia

Jacinda Ardern primeira-ministra da Nova Zelândia combate Covid
Fonte: AFP

Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, é um caso de sucesso. Conseguiu, recentemente, zerar os casos de Covid diários em seu país. A Nova Zelândia não tem mais casos de Covid. Como ela chegou a tal feito?

Recentemente, em 4 de maio de 2021, a Nova Zelândia anunciou ter zerado os casos de Covid no país, sob o comando da primeira-ministra Jacinda Ardern. Aliás, você sabia que a Nova Zelândia é considerado o melhor país para as mulheres viverem?

Mas voltando aos fatos: aqui no Brasil, mais de 100 cepas de Covid circulam, em um início de terceira onda da epidemia com busca desenfreada de vacinas. Os números só aumentam, governo, Estados e prefeituras não se entendem, e o povo, em grande parte, não colabora contra a aglomeração e as medidas de higienização. Sim, o Brasil tem O CENÁRIO MAIS TRÁGICO da pandemia no momento.

NOVA ZELÂNDIA: O GRANDE EXEMPLO CONTRA O COVID

Na Nova Zelândia, nenhum novo caso de contágio por Covid-19 foi registrado nos últimos quase vinte dias. Melhor que isso: o último paciente teve alta recente. Foram apenas 1.154 casos e 22 mortes em um país com 5 milhões de habitantes, sendo que 86% dos doentes foram recuperados. “O último infectado não apresentava sintomas havia 48 horas e consideramos que está curado”, informou o Ministério da Saúde neozelandês. Isso ocorreu em 16 de março, 9 dias antes do lockdown. Diante dos fatos, a Nova Zelândia anunciou, semana passada, que iria afrouxar a quarentena.

Na última semana, a primeira-ministra Jacinda Ardern revelou que a Nova Zelândia não havia registrado mais casos de contágios locais de coronavírus, o que colaborou para o afrouxamento do isolamento social. 86% dos doentes foram recuperados.

Mas o diretor-geral da área de saúde da Nova Zelândia, Ashley Bloomfield, reiterou que a população deve seguir “vigilante”. Já a primeira-ministra Jacinda trouxe à tona a importância de continuar obedecendo às normas da quarentena para que os resultados continuem eficientes. “Qualquer ganho vnesse momento é mérito do período de lockdown”, afirmou.

Jacinda Ardern é uma progressista de centro-esquerda, mas tem como “parceiro” o colega australiano, o conservador cristão Scott Morrison, que vem conseguindo resultados satisfatórios – libertários e conservadores podem e devem, sim, trabalhar juntos neste momento de pandemia. Ambos sempre procuram manter a população informada. Jacinda, por exemplo, faz lives no Facebook.

LIÇÕES PARA O BRASIL

Enquanto isso, no domingo de 3 de maio o Brasil se aproxima dos 500.000 mortos, em uma corrida atrasada e ensandecida por vacinas de diferentes marcas. Apesar da aplicação considerável da chinesa Coronavac, o número de casos e mortes explodiu, e inclusive pessoas vacinadas com as duas doses dessa vacina se contaminaram – ela não se mostrou eficaz contra a variante P1 de Manaus, responsável atualmente por 9 em 10 casos no nosso país. Ainda por cima, temos a chegada da variante indiana e do “fungo negro” que tem levado a óbito doentes de Covid em todo o mundo, em especial na Índia, onde os casos e mortes dispararam.

Mas que lições podemos tirar para nosso país, olhando a Nova Zelândia?

Em primeiro lugar, o compromisso do Governo Federal, apesar de estar atuando em uma ilha isolada e com território muito menor que o Brasil. No dia 25 de março, a Nova Zelândia fechou suas fronteiras, proibindo aglomerações e fechando ainda escolas e o comércio.

O que mais? Jacinda Ardern e seus ministros aceitaram diminuir 20% dos salários por 6 meses – ao contrário do que ocorreu aqui, em que os políticos não aceitaram diminuir um centavo de suas benesses, ainda aumentando seus ganhos. Ao mesmo tempo, os apenas 1.600 moradores de rua foram enviados para hotéis e motéis, prevendo moradia futura em abrigos do governo, sendo rastreados: tudo isso por apenas 100 milhões de dólares, número ínfimo para um país de Primeiro Mundo.

Foram quase cinco semanas vivendo e trabalhando de forma que dois meses atrás teriam parecido impossíveis. Mas nós fizemos isso, e fizemos juntos.

Jacinda Ardern – Business Insider

Em segundo lugar, podemos aprender que a clareza em relação aos números é essencial. A Nova Zelândia somente anunciou medidas para afrouxar a quarentena, na semana passada, após atingir 1.180 recuperados que são 95% do total de casos confirmados na época. Neste 4 de maio, Ashley Bloomfield declarou que ocorreu apenas 1 novo caso diário e 4 casos prováveis, todos rastreáveis. Além disso, cerca de 347 cidadãos esperam o resultado de seus testes.

O número de casos de Covid na Nova Zelândia vem caindo desde início de abril, após as medidas bem-sucedidas de março. Agora, em maio, o país parece estar vencendo definitivamente a epidemia. É importente o fato de que todos os novos casos no país, conforme as autoridades, podem ser prontamente rastreados – inspirado em Taiwan, que conseguiu deter a propagação do Covid com a testagem em massa.

Por fim, podemos ter como lição em nosso devastado país o exemplo do compromisso anunciado por Jacinda no dia 4 de maio, de que a economia vai ser retomada, entretanto os cuidados seguirão. Certas empresas, estabelecimentos que produzem e entregam comida e escolas foram autorizados a reabrir. Por outro lado, negócios considerados não essenciais vão ter autorização para reabrir desde que sem contato pessoal com clientes.

“Estamos reabrindo a economia, mas não a vida social das pessoas”, disse Jacinda Ardern. A população e o governo seguem em alerta. Aliás, o governo neozelandês pede que as pessoas fiquem em casa quando não estiverem no trabalho ou na escola. Haverá mais medidas de relaxamento, desde que tudo saia como previsto, a partir do dia 11 de maio.

A Nova Zelândia fica a 12.000 quilômetros do Brasil, mas, em termos de eficiência no trato com a pandemia de Covid – liderado por Jacinda Ardern, relevadas as facilidades do tamanho reduzido da ilha e seu relativo isolamento no globo – está a uma galáxia de distância de nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s